Seguidores

SERENA E THOMAS EM QUADRINHOS

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Viva o Sol...


Graças à Nossa Senhora dos Guarda-Chuvas Furados chegou o Sol!...É pessoas, eu já estava com a URS (Umidade Relativa da Serena) muito alta. Vá lá que chuva é boa e necessária mas, eu e o Thomas, já estávamos preparando a planta para a construção de uma Arca...

Quando quero me concentrar numa nova e brilhante ideia vou sempre para debaixo de minha pitangueira. Para lá me dirigi e tomei minha posição de Lótus canina  e comecei a idealizar a Arca da Serena...

Noé que me perdoe, mas ele foi muito pouco seletivo na escolha das espécies que embarcou...Pensem peoples, como a vida seria mais tranquila sem pulgas, carrapatos, mosquitos em geral, bichos-do-pé, baratas, etc, etc, etc...O homem tinha o coração muito mole, faça-me o favor! O máximo que eu faria seria jogar umas micro-canoinhas e uns coletes salva-vidas...eles que se amontoassem.

A minha arca também seria bem menos brega que a de Noé,...seria customizada. A parte externa seria toda grafitada com desenhos, como caminhões de lixo, carros, bicicletas, carteiros, enfim, tudo que dá graça à vida. Já que a civilização seria novamente extinta é justo preservarmos, ao menos na memória, o que ela tem de melhor...E tem coisa melhor que latir para o caminhão do lixo ou uma moto? Óbvio que não, né pessoas!

Dentro da embarcação eu colocaria painéis enooormes com fotos minhas, em todas as poses, e ângulos...tipo aquelas apresentadoras da TV, sabe? Daria um jeito de fazer um olhar sério e com um focinho provocante...show!

Pra dormir vários puffs e camas pra toda a animalada, e pra comer muita salsicha com arroz, para todos,...sem esse lance de vegetarianismo e, claro, a água não seria problema num dilúvio ?! Várias moitas, para as urgências fisiológicas também seriam necessárias e, muitas chapinhas e secadores à pilha, para alisar pelos de todos os tipos...Também panos e tapetes à vontade, para puxarmos e roermos, afinal é preciso um pouco de lazer.


Quando ainda estava idealizando minha Arca, recebi um presente sobre o olho direito, de um infeliz de um canário, que estava pousado na pitangueira...Ainda deitada, abri o esquerdo lentamente...fitei o insolente e percebi um leve deboche no semblante do alado. Levantei-me e, caolha, fui me lavar...Sorte dele que chegou o Sol, porque na minha Arca...

Até amanhã queridos leitores!
Lambidas dilúvicas...

4 comentários:

Gata Lili disse...

Oi Serena! Seu blog é lindo. Parabéns. Sou uma gatinha, mas curto todos os animais. Temos muitos amiguinhos que não são gatos. Biejos. Depois vem visitar meu cantinho na net.

Dudinha Nariz de Bolinha disse...

ahauahuahaauahu

estamos rindo com seu texto...

lambeijos

Rutha/Pink/Barum/Luna disse...

Ainda bem que você não fez nenhuma restrição aos gatos na sua arca... Se bem que a Rutha adora uma chuvinha, principalmente se chover de madrugada...
Outra ideia interessante de grafite seria das pessoas que entregam folhetos na nossa caixa de correio, como eles são preguiçosos, simplesmente deixam dobradinho no portão...que ódio...
Também curto uma chuvinha, mas se for pra bagunçar pode me convidar !

Lambidas do Barum e Luna

Cláudia disse...

serena, vc tá muita craque ...teus textos estão ótimos, bem humorados...um show!
adoro...lambeijos literários